Fáscia, o que é e como pode te ajudar

No mundo dos esportes e em mais específico da Educação Física os pesquisadores avançam cada vez mais para entender o complexo corpo humano e suas nuances, uma dessas situações estudadas que se apresentam “novas” para as pessoas comuns é no que tange as fáscias musculares, em termos gerais vou tentar esmiuçar um pouco do assunto para que você repense o que treina e com quem treina.

Você ultimamente leu, viu ou ouviu sobre Liberação Miofascial ou Ativação Miofascial, vamos começar definindo então o que é FÁSCIA:

  • Fáscia: tecido fibroso formado por colágeno, elastina e tem densidades e direção diferentes. A fascia inclui ligamento, tendão, membranas e outros.

A Fáscia então reveste e une músculos, tendões e outros, criando assim um enraizamento de um pelo outro, logo devemos passar a entender o corpo humano como um todo e não suas partes, concorda? E mais, usar demais ou usar de menos poderá te trazer inúmeras dores, lesões e problemas que você acredita ser uma coisa e é outra, porque nosso corpo é 1 só! Veja, uma ação muscular específica como flexão do tronco vai envolver a fáscia tóraco-lombar, de psoas, isquiotibiais, gastrocnêmio e occipital:

Opa, peraí então eu não treino um grupamento muscular de cada vez? NÃO! E esse é o erro de muitos profissionais. Vou acrescentar, a fáscia tem milhares de mecanorreceptores capazes de fazer você gerar mais força do que geralmente faz se souber estimular e reidratar/ mobilizar suas fáscias isso porque ela transmite força dentro e entre os músculos, podendo melhorar seus resultados esportivos.

O que quero dizer é que não usamos de todo potencial do nosso corpo  e se não houver estímulos específicos que façam com que as fáscias possam dentro de seus sistemas de funcionamento receber uma informação, enviar ao Sistema Nervoso Central e modular então o gesto esportivo estaremos sempre enganando nosso corpo, sabe por que? Porque ele trabalha como um todo, por isso uma lesão de panturrilha esta ligada as fáscias que revestem seus pés e isquiotibiais, por isso sua dor nas costas tem relação com seu encurtamento articular/muscular.

Já posso imaginar que esteja pensando um monte de coisas, então, para não confundir vou dividir o texto em 3 partes, ok? No próximo vou te contar como estimular e depois sobre o porque da liberação e sua implicação na flexibilidade.

* a minha opinião reflete os estudos em Tensegridade Funcional do mestre Johannes Freiberg,  minhas leituras e experiência trabalhando com fáscias desde 2014.

Murilo Ugolini Klein

CREF 014939-G/PR

Voltar

Telefone: 41 3154-5047

Whatsapp: 41 99547-5047

E-mail: contato@v8assessoria.com.br

Escritório V8: Rua Hugo Kinzelmann, 244 Campina do Siqueira.

Copyright © V8 Assessoria 2018. Todos os direitos reservados.