Área do atleta Bar em bar Entre em contato
Mostrar/ocultar menu
133

Relato enviado por: Administrador -

Corredores sempre têm em mente seus próximos desafios e chegando o fim do ano não é diferente, muitos ainda tem seus objetivos de segundo semestre a concluir e outros já estão de olho em 2018.

Pensando nesses dois grupos (os que ainda não alcançaram seus objetivos/provas do segundo semestre e para aqueles que já alcançaram), é de fundamental importância criar uma base muito sólida para um novo ciclo de treinamentos e nisso também incluí-se o descanso. Corredores mais experientes estão mais acostumados com essa transição, mas é preciso prestar muita atenção para não entrarmos em ritmo de festa de fim de ano e entrarmos em dês-treino e perdermos tudo aquilo que conquistamos com muito suor durante 2017, e aos corredores iniciantes se faz ainda mais importante essa fase pensando na progressão das cargas de treino (intensidade/volume). Esse corpo estando mais bem preparado para as cargas do novo ano se faz mais resistente e menos suscetível a lesões, sabendo que com o passar dos anos nossas metas vão se tornando mais difíceis e desafiadoras, pois é assim que nos motivamos a continuar, podendo ser maiores distâncias, maiores velocidades ou maiores dificuldades no esporte temos que dar ainda mais importância para essa fase.

107

Não precisa ser atleta de alto rendimento para nos preocuparmos com essa transição, nós corredores que treinamos assiduamente também podemos nos considerar atletas da vida diária, e ajustar todos os fatores como horários de treinos, alimentação saudável, provas alvos e não alvos, são um dos fatores importantíssimos para que 2018 comece com o pé direito.

Então corredor e corredora procure seu treinador e já comece a definir metas para seu próximo ano, para que assim ele já comece a pensar sua evolução no futuro, agora no presente.

“Aprecie as festas com moderação, mas não esqueça da sua evolução!”

Professor Nilson Rodrigo de Jesus da Rocha

CREF – 026522 – G/PR

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)

Veja também:

Minha gravidez e a corrida

Relato enviado por: Administrador

Minha história na corrida começou há alguns anos atrás, mas foi somente a partir  de janeiro de 2013 que contratei um professor especificamente para me dar aulas de técnica de corrida, associada a prática de pilates. Fizemos várias corridas juntos, mas já na metade do ano comecei a sofrer com fortes dores na canela e fui diagnosticada com canelite. Fiz diversas sessões de fisioterapia, mas nada parecia realmente melhorar a minha dor. Foi então que em setembro de 2014 eu e meu marido deixamos de treinar com ...Leia mais

Caminho de Santiago – em busca do horizonte

Relato enviado por: Administrador

O Caminho de Santiago Bom, aqui começa o meu relato, dessa peregrinação, que me levou desde Saint Jean Pied de Port até Santiago de Compostela em um percurso tão incrível e surpreendente. É uma viagem que eu percorri uma distancia de 800KM andando, com duração de 32 dias. No Caminho de Santiago, nos encontramos com nossos horizontes mas também com nossas fronteiras. Descobrimos pequenas coisas que não notamos em nossa vida cotidiana. Vemos o valor de um copo de água por ter passado sede ou de um pedaço de pão por haver passado fome. O valor de um sorriso, de uma palavra de ...Leia mais


Twitter

Facebook

Top